Verbete organizado
por:

Vera Queiroz

 



HILDA HILST


Obra:


POESIA:

Presságio - SP: Revista dos Tribunais, 1950.

Balada de Alzira - SP: Edições Alarico, 1951.

Balada do festival - RJ: Jornal de Letras, 1955.

Roteiro do Silêncio - SP: Anhambi, 1959.

Trovas de muito amor para um amado senhor - SP: Anhambi, 1959. SP: Massao Ohno, 1961.

Ode Fragmentária SP: Anhambi, 1961.

Sete cantos do poeta para o anjo - SP: Massao Ohno, 1962. (Prêmio PEN Clube de São Paulo)

Poesia (1959/1967) - SP: Editora Sal, 1967.

Júbilo, memória, noviciado da paixão - SP: Massao Ohno, 1974.

Poesia (1959/1979) - SP: Quíron/INL, 1980.

Da Morte. Odes mínimas - SP: Massao Ohno, Roswitha Kempf, 1980.

Da Morte. Odes mínimas - SP: Nankin/Montréal: Noroît, 1998. (Edição bilíngüe, francês-português.)

Cantares de perda e predileção - SP: Massao Ohno/Lídia Pires e Albuquerque Editores, 1980. ( Prêmio Jabuti/Câmara Brasileira do Livro. Prêmio Cassiano Ricardo/Clube de Poesia de São Paulo)

Poemas malditos, gozosos e devotos - SP: Massao Ohno/Ismael Guarnelli Editores, 1984.

Sobre a tua grande face - SP: Massao Ohno, 1986.

Alcoólicas - SP: Maison de vins, 1990.

Amavisse - SP: Massao Ohno, 1989.

Bufólicas - SP: Massao Ohno, 1992.

Do Desejo - Campinas, Pontes, 1992.

Cantares do Sem Nome e de Partidas - SP: Massao Ohno, 1995.

Do Amor - SP: Massao Ohno, 1999.

PROSA:

Fluxo - Floema - SP: Perspectiva, 1970.

Qadós - SP: Edart, 1973.

Ficções - SP: Quíron, 1977. (Prêmio APCA/ Associação Paulista dos Críticos de Arte. Melhor livro do ano.)

Tu não te moves de ti - SP: Cultura, 1980.

A obscena senhora D - SP: Massao Ohno, 1982.

Com meus olhos de cão e outras novelas - SP: Brasiliense, 1986.

O Caderno Rosa de Lory Lambi - SP: Massao Ohno, 1990.

Contos D'Escárnio/Textos Grotescos - SP: Siciliano, 1990.

Cartas de um sedutor - SP: Paulicéia, 1991.

Rútilo Nada - Campinas: Pontes, 1993. (Prêmio Jabuti/Câmara Brasileira do Livro.)

Estar Sendo Ter Sido - SP: Nankin, 1997.

Cascos e Carícias - crônicas reunidas (1992-1995) - SP: Nankin, 1998.

TEATRO (inédito):

A Possessa - 1967.

O rato no muro - 1967.

O visitante - 1968.

Auto da Barca de Camiri - 1968.

O novo sistema - 1968.

Aves da Noite - 1968.

O verdugo - 1969 (Prêmio Anchieta)

A morte de patriarca - 1969.

 

Obras / Sites de Referência:

Site oficial da escritora: http://hildahilst.cjb.net

Site com poemas da escritora: http://www.secrel.com.br/jpoesia/

Site com poemas da escritora: http://www.secrel.com.br/jpoesia/

Cadernos de Literatura Brasileira. Hilda Hilst. Instituto Moreira Salles, n

8, outubro de 1999. Homepage: http://www.ims.com.br

 

[Informações colhidas no site oficial da escritora Hilda Hilst, organizado por Yuri V. Santos : http://hildahilst.cjb.net ]